8 tendências que todo E-commerce deve considerar no ano de 2014

Por Redacción

O marketing digital não para de evoluir e de oferecer recursos para melhorar sua capacidade de atrair, reter e fidelizar. Particularmente é no âmbito do e-commerce em que mais se aproveitam seus benefícios, e em que cada vez mais surgem mais ferramentas e possibilidades para aumentar nosso rol de clientes. Por isso, qualquer pessoa que tenha ou pertença a um projeto relacionado com o e-commerce tem de estar a par das últimas tendências do marketing.

Várias técnicas do marketing digital se incorporaram à maioria dos e-commerces e já parecem essenciais a qualquer portal dessa natureza. Falamos, por exemplo, do “responsive design”, o “guest posting” ou o aperfeiçoamento focado na captação.

Essas tendências estão gerando tanta demanda que, inclusive, podemos observar um auge de programas de formação específicos dentro da oferta acadêmica das universidades e escolas de negócios, como é o caso do Mestrado em Marketing Digital ou a Pós-Graduação em e-commerce. Cada vez são mais as pequenas e médias empresas que necessitam desses profissionais para poderem realizar campanhas de atração, captação e fidelização.

A seguir, vamos detalhar algumas das últimas tendências para um e-commerce no ano de 2014.

1. Mobilidade

O aumento das compras realizadas a partir de dispositivos móveis é uma realidade. Por isso é de fundamental importância contar com um profissional web design para nosso e-commerce. Todavia, não apenas temos de oferecer uma versão de nosso comércio eletrônico para aparelhos móveis, mas também aperfeiçoarmos essa versão em favor do aumento das vendas.

E, ainda, muito importante o uso de publicidade móvel. Por exemplo, se nosso e-commerce conta com um aplicativo próprio, podemos posicioná-lo nas primeiras colocações entre as lojas em que os aplicativos são encontrados graças a técnicas de posicionamento ASO.

2. SEO

Todos os estudos feitos confirmam o mesmo fato: o maior volume de tráfego se divide entre os três primeiros resultados. Motivo pelo qual, se não estivermos nessas colocações do mecanismo de busca, não seremos visitados. Assim, é de vital importância nos centrarmos na criação de conteúdo de alto valor: fichas de produtos corretamente otimizados, imagens, vídeos e resenhas de nossos clientes.
Temos de prestar muita atenção aos fatores atuais de SEO. Uma prática ruim desses fatores pode causar uma penalização por parte do buscador. Essa punição vetaria a visibilidade nas SERPs e impediria que possíveis usuários acessassem à nossa plataforma.

3. “Megadados”

São vários os benefícios provenientes do chamado Megadados a nossa organização. Essa tendência tem se implantado aos poucos em muitos e-commerces que, por sua vez, tomam decisões melhores devido a esses valiosos dados.
Como os Megadados ajudam ao e-commerce? É muito simples, pois, graças a um maior ou menor volume de informação, podemos optar por melhores decisões. O que também nos permite estar atualizados com as tendências de compra e entender o mercado com mais facilidade.

4. Plano de conteúdos

Graças a um estudo correto do mercado podemos conhecer o interesse, lampejos e costumes de nosso público. Dessa maneira podemos criar um plano de conteúdos para chamar sua atenção e potencializar a atração para o nosso portal.
O vídeo se apresenta como o projeto principal dentro de qualquer plano de conteúdo atualmente.

5. Accesórios inteligentes

Podemos tirar proveito dos novos acessórios inteligentes, assim como fazem com os frigoríficos modernos, as lentes com visão aumentadas, os relógios inteligentes, entre outras coisas. Esses acessórios nos oferecem novas formas de relação com nossos clientes.
Ainda que essas novas tecnologias estejam em sua fase inicial, temos de estar preparados para poder incorporá-las no nosso plano de marketing e desse modo obter uma vantagem competitiva.

6. Social Commerce – comercio virtual social

Uma das tendências mais claras no ano de 2014 está sendo o commerce social. A partir das ferramentas colaborativas, os usuários podem atribuir valores a nossos produtos ou serviços e compartilhá-los com seus círculos sociais de confiança.
Também tem se produzido um grande aumento no uso das chamadas Social Ads – a publicidade nas redes sociais -. Esses anúncios nos permitem dividir de maneira bem precisa o nosso público. Dessa forma, nossa mensagem chegará unicamente àquelas pessoas verdadeiramente interessadas.

7. Personalização da experiência de compra

Outra entre as técnicas bastante usadas atualmente é a experiência de compra personalizada. Como conseguimos esse tipo de experiência? Podemos pedir a nossos novos usuários que se registrem e preencham alguns campos de informação pessoal, com isso, a próxima vez que acessarem nosso portal virtual, poderemos oferecer a eles os produtos que mais lhes interessem.
Também podemos conhecer seus gostos e suas preferências, pedindo-lhes que se registrem por meio do Facebook.

8. Automatização dos processos de Marketing

E, para acabar, vamos falar sobre uma das tendências que mais tem se impondo nesse ano. Trata-se da automatização de muitos dos processos trabalhados pelo departamento de marketing. Referimo-nos a processos como o remarketing, e-mail marketing, analítica ou lead nurturing.

Essas são algumas das principais tendências de marketing para os comércios eletrônicos para este ano. Caso possuamos ou somos gestores de um e-commerce temos de estar constantemente atualizados, pois, diariamente, surgem novas tendências.

8 tendências que todo E-commerce deve considerar no ano de 2014
Por favor vota este artículo
>